Quero adotar

Animais disponíveis para adoção, veja o álbum em nosso facebook:

 
Dê a chance a um gato adulto! Veja as fotos aqui. 

 

 
Dê a chance a um cãozinho adulto! Veja as fotos aqui.

 


Adote um filhote. Veja as fotos aqui. 

Veja aqui também a galeria de alguns dos animais já doados pela Associação 4Patinhas.

Veja aqui nossa política de adoção.

Após escolher seu amigo por favor preencha nosso questionário abaixo.

Se você está recebendo este arquivo é porque o gatinho por quem você se interessou está conosco, sob nossos cuidados, e nós o tratamos com muito amor e carinho. Por isso, temos o maior zêlo em saber para quem estamos entregando esse filho peludo que criamos com tanto amor e que, muitas vezes, levamos dias ou até semanas para conquistar sua confiança.

Algumas questões podem parecer sem sentido para quem já convive com gatos há muito tempo. Outras podem parecer absurdas para quem nunca presenciou o abandono ou a devolução de um gatinho que pensava ter encontrado sua família.

Mas tenha em mente que esse arquivo é padrão para todos os que querem adotar. Tantos os que já têm gatos como aqueles que farão sua primeira adoção e, por isso, talvez não estejam familiarizados com o universo felino.

* Gostaríamos que você lesse atentamente nossos critérios para doar um animal e, caso concorde com eles, nos respondesse às perguntas abaixo.

CRITÉRIOS DE ADOÇÃO 

1) Doamos gatinhos apenas para pessoas que morem em apartamento com telas de proteção em todas as janelas (BANHEIRO. ÁREA DE SERVIÇO E VARANDAS, inclusive). Todas mesmo, não basta ter telas em apenas algumas. Também não basta a promessa de manter janelas fechadas, é preciso ter proteção em tudo. Essa questão não é negociável.

2) Se for casa, é preciso ter muros bem altos (3 metros ou mais), portões vedados, barreiras físicas que impeçam o acesso do gatinho à rua e casas vizinhas. Promessa de manter portas e janelas fechadas não é suficiente. Garantia de que o gato anterior/atual nunca fugiu também não. Não basta o gatinho não sair porque não quer, é fundamental que ele não consiga sair mesmo que tente e para isso as barreiras físicas são fundamentais. Essa questão não é negociável.

3) A entrega do animal será feita pessoalmente e após avaliada as condições de moradia do novo lar a ser oferecido ao animal. Se a casa não for segura, conforme os itens acima, ele volta conosco.

4) Lembre-se que uma adoção não deve ser feita por impulso. Ao adotar um bichinho, é preciso ter consciência de que ele será seu companheiro para a vida toda e que eles podem viver por mais de 20 anos. Tanto os gatos quanto os cães sofrem muito quando são abandonados ou devolvidos. É comum casos em que o animal entra em depressão e morre após ser abandonado. Por isso é importante avaliar se você está pronto para um compromisso que vai durar muitos e muitos anos!
Todos os moradores da casa devem concordar com a adoção. Queremos que cada lar adotivo esteja ciente e aceite as responsabilidades, inclusive as financeiras, que ter um animal de estimação traz.


5) Se, por força maior, você não conseguir mais cuidar do seu animal, comprometa-se a não passá-lo adiante sem falar conosco. Entre em contato conosco novamente. Maus tratos ou abandono de animais estão previstos pela Lei Federal 9.605 de Proteção Animal e, se necessário, denunciaremos o caso.

6) No ato da adoção, será preciso assinar um Termo de Responsabilidade. Solicite cópia por e-mail, se desejar avaliar antes de adotar.

Acompanhamos as adoções de perto, telefonando periodicamente para o lar adotivo e podendo, inclusive, visitar o animal doado. Queremos que tudo dê certo, pois todos os animais anunciados são muito queridos e amados!

Por isso, se acha que pode cuidar bem do seu companheiro atendendo e zelando por sua segurança e bem-estar, preencha todos os campos com cuidado e da maneira mais completa possível.

 

 

sobre o bichinho

Você gostaria de adotar um animal específico de nossos álbuns? Qual o nome ou descrição?


Se você não sabe, quais são as características que você gostaria que o bichinho tivesse (idade, sexo, cor, temperamento)?
(se quiser um filhotinho de raça, procure um bom criador, adultos de raça às vezes estão disponíveis)

 

A adoção é para você ou para algum amigo parente? No segundo caso, ele está de ciente e acordo?
 


 

Sobre você

Nome completo
Idade
 

Qual sua profissão atual?
 

Se você for menor de 18 anos, por favor peça para o seu responsável preencher este formulário.

Endereço (rua, número, apto)
Bairro
 

CEP 

Cidade

UF

Email

Telefone, por favor deixe um FIXO e um celular.


Seu facebook

Quais os motivos pelos quais você gostaria de adotar um bichinho?

Você já sabe quanto custa cuidar bem de um animal: alimentação de boa qualidade, super premiuns, vacinas anuais e atendimento veterinário regular ou em caso de necessidade? Tem condições de oferecer esses cuidados?

Comentários:

 
 Um animal pode adoecer e precisar de exames, ração terapêutica e visitas mais freqüentes ao veterinário. Quando isso acontece, em geral, as despesas não são pequenas. Você está disposto e poderá assumí-las se e quando necessário?

 Comentários: 

 
Você está ciente de que ao adotar um animal se tornará responsável por ele durante toda a sua vida que pode passar dos 20 anos?

 Comentários: 

 

 ______________________________________________

casa & família

Na sua casa, são quantos adultos e quantas crianças? Em caso de crianças quais as idades?


Todos os moradores da sua residência concordam com a adoção?


Sua casa é própria ou alugada? Se alugada, o proprietário permite animais?
Se é prédio, qual a posição do condomínio sobre isso?

Pretende se mudar em breve?
 


Quantas horas por dia o bichinho ficará sozinho na casa?

O bichinho terá livre acesso a toda a casa ou terá um local separado pra ele?

Você ou alguém de sua família está esperando um bebê ou pretendem ter? Como você pretende fazer com a chegada do bebê em relação ao animal, se ocorrer?

E se o médico recomendar fortemente a se desfazer do animal em caso de gravidez por doenças como alergias ou toxoplasmose, o que você pretende fazer?

Se por algum motivo você não puder mais cuidar do animal, em sua família quem cuidará dele?

Quem tomará conta do bichinho quando você e sua família viajarem?


Alguém na sua casa é ou pode ser alérgico a animais (tem um histórico de alergias)?
Se sim, quais medidas serão tomadas?


Você está ciente que a adoção de um bichinho é um ato sério, que eles tem sentimentos, podem morrer se forem abandonados ou doados e que podem viver até mais de 20 anos?

Caso ele se perdesse o que você faria para recuperá-lo?

Se o animal arranhasse ou mordesse a você ou seu(s) filho(s), que providência você tomaria?

O que fará como bichinho caso necessite se mudar?

Em que tipo de situação você pensaria em devolver ou doar o bichinho adotado?

 É comum que os animais donos da casa rejeitem o amigo recém-chegado no início. O período de adaptação, até que todos se tornem amigos, pode variar de poucos dias até várias semanas. Você está disposto a fazer a adaptação entre eles, pelo tempo que for necessário, até que todos convivam em paz?


_________________________________________
Se o interesse é por gatinhos

Se você mora em casa

O gato ficará somente dentro ou terá acesso ao quintal, jardim, garagem, qualquer área externa ou rua?

Qual a altura dos muros? São de que material? (tela, tijolo, etc)
 

Os portões são totalmente vedados ou telados? 

Existe algo perto dos muros que possa servir de escada para o gatinho?

De que forma você pretende evitar que o gato tenha acesso à rua?


Se você mora em apartamento, TODAS as JANELAS, BASCULANTES, ÁREA DE SERVIÇO E VARANDA são telados? (redes com trama de 3cm são as mais indicadas para gatos, especialmente filhotes, informe à empresa se ainda for telar seu apartamento)

Gatos precisam afiar as unhas, faz parte da natureza deles. Isso, eventualmente, pode resultar em sofás e outros móveis arranhados. O que você pensa a respeito? 

Gatos costumam usar a caixa de areia desde pequenos mas, por motivos diversos, podem passar a fazer suas necessidades em locais pouco apropriados. Como você reagirá se isso acontecer?

 _________________________________________

Seus animais

Você já tem animais de estimação? Quais?

 Caso possua outros gatos, eles fizeram o teste FIV/FELV? São positivos ou negativos? Você tem o atestado com o resultado?

 


Já teve outros animais alguma vez? O que aconteceu com eles? Se faleceram, qual foi a causa?


Se você tem cães, qual é o porte deles?
Como você fará para ter certeza que ele não irá atacar o novo animal?


Liste os nomes, idades e conte um pouquinho sobre a personalidade de cada um.


Eles são castrados? Caso não sejam castrados, explique o motivo:

Qual foi a data da última vacina e vermífugo de cada um deles? e de quanto em quanto tempo eles tomam vacinas e vermífugos? Qual ou quais foi ou foram a(s) vacina(s) usada(s)?


Qual é a alimentação deles? Se já teve ou tem animais que marca de ração comiam/comem?


Caso tenha outros bichinhos, sua casa possui um cômodo onde você possa manter o novo animal isolado por alguns dias, para que sua "apresentação" seja feita aos poucos?

Você já tem um médico veterinário de sua confiança? Caso não tenha, gostaria de uma indicação? Se tem qual nome dele ou da clínica?
 

Você concorda em nos manter informados sobre o animal que adotou conosco? Aceitaria receber visitas após a adoção? 


_________________________________________
observações

Tem conhecimento da posse responsável?

sim    não    gostaria de receber por e-mail


Escreva neste espaço tudo o que julgar necessário, inclusive qualquer dúvida
que você tiver sobre a adoção.


Se por qualquer motivo não for possível a adoção do gatinho que você escolheu, ou se não tivermos o gato do jeito que você procura, você autoriza que seu email ou telefone seja divulgado para outros protetores?

sim    não


   

 

 

 

Observações:

Sobre adaptação, sugiro a leitura do artigo http://adoraveiscompanhias.blogspot.com/2009/11/importancia-de-uma-boa-apresentacao.html

Você sabia, que ao contrário que muitas pessoas acreditam, o ideal para crianças é adotar um gato jovem, porém não filhote? Filhotes são mais frágeis, e podem machucar a criança ao tentarem se defender de uma brincadeira mais brusca, que para eles pode ser bem dolorida.

Nas clínicas veterinárias de maior movimento, toda semana surgem casos de gatos que caíram das janelas de prédios. (exemplo com imagens fortes: aqui) Nem todos se salvam, e a os que se salvam têm seqüelas. Telar o apartamento é uma proteção barata, uma despesa única e muito eficaz.

Se você não tem experiência com gatos, estaremos sempre prontos a lhe dar toda a assistência necessária após a adoção.

Com alguns cuidados básicos, cães e gatos podem conviver em harmonia e se tornarem grandes amigos!